sábado, outubro 23, 2004

MF DOOM PEDE PAGAMENTO DE HORAS EXTRAORDINÁRIAS

MF Doom, o rapper underground da máscara de ferro, ex-membro dos KMD, quando se chamava Zev Luv X, pede que lhe paguem as horas extraordinárias que tem trabalhado estes anos todos.
Lançando uma média de 15,4 discos por dia, em projectos como Viktor Vaughn, Madvillain, ou colaborando com artistas tais como Madlib, De La Soul, entre outros, MF Doom agora reclama que não lhe têm pago as horas extraordinárias.
"As pessoas esquecem-se de como esta máscara é quente e que me custa manter um bom flow com ela posta. Preciso de uma compensação. Para além disso, o meu plano de saúde é uma merda e não tenho seguro de vida. Tenho três putos em casa com máscaras de ferro que podem enfurrejar a qualquer altura. Exijo mais dinheiro", comentou o rapper com o IM, enquanto gravava 3 novos discos, que serão lançados para a semana.
Para além disto, Jorge Silva Marília Lopes, um jovem de 23 anos oriundo de Paços de Ferreira, fã do rapper há 2 anos, queixa-se de não conseguir acompanhar o ritmo de MF Doom. "Ontem comprei 15 discos novos dele e hoje ele já lançou 7. Isto assim não dá, até porque deixei de ter vida por causa do MF. Até já comprei uma máscara. É extremamente injusto que os fãs de outros rappers tenham anos e anos para comprar os discos destes e eu tenha que comprar todos os dias discos do meu herói."
Segundo alguns rumores, MF Doom terá tirado ontem a máscara de ferro que tanto o caracteriza em público e terá revelado ou uma cara ainda mais feia do que Manuela Ferreira Leite, ou uma cara ainda mais bonita do que José Sócrates, dependendo dos rumores e sua origem.

MF Doom