domingo, outubro 31, 2004

TIAGO BETTENCOURT SUBSTITUI PAI NATAL

Tiago Bettencourt vai substituir o Pai Natal este ano. Quem garante é Tozé Brito, responsável pela Universal Music em Portugal. Tozé Brito, não alheio ele próprio à painatalagem, - recordem-se de que em 1980, quando o Pai Natal estava doente, o artista tomou o lugar dele - disse ao IM: "Este ano é a doer. Há cada vez mais brinquedos novos, todos eles de grande qualidade. Apesar de eu gostar mais dos brinquedos portugueses sem influências estrangeiras, também vendo os outros, na boa. Porque isto é um negócio e eu tenho de alimentar a família. Como o Pai Natal não está a sentir-se bem, achei que era lógico que o Tiago fosse substitui-lo. Os Toranja são a melhor banda portuguesa da actualidade."
Vocalista dos Toranja, banda que ficou célebre em 2004 depois de "A Carta" ter ficado na boca de todos os jovens com menos de 23 anos e com pelo menos três peças de roupa da marca GAP, Tiago Bettencourt é conhecido pelas suas letras que não querem dizer absolutamente nada. O seu modus operandi não é nada original: dizer alguma coisa para logo a seguir negá-la.
O IM foi encontrá-lo à porta do Bairro Alto, depois de ter vindo do coro da Igreja de uma Santa qualquer em Cacais, "Sou um poeta que não sabe rimar / odiando-te vou-te amar / abraço-te para depois te largar / o sol escurece os teus olhos / os teus verdes olhos azuis".
Pai Natal não estava disponível para comentários. Ao que parece, está de cama gravemente doente e a pensar seriamente em cortar a barba. Tiago Bettencourt, por sua vez, nunca a vai fazer. "Estive 20 anos à espera dela sem esperar / vou cortá-la para depois a deixar / quero-te tanto e não quero querer / mas a barba vou e não vou fazer".