quarta-feira, novembro 17, 2004

AINDA NINGUÉM OUVIU O NOVO DOS PAN SONIC ATÉ AO FIM

Foi revelado hoje, por fontes próximas da editora Mute, que "Kesto", o quádruplo álbum dos Pan Sonic, ainda não foi ouvido na sua totalidade por ninguém. Conhecidos por fazer música electrónica minimalista com padrões repetidos, vulgo "chata-para-caraças", os Pan Sonic são uma das bandas mais famosas dessa mesma área.
Em Maio deste ano, lançaram um novo disco. "Kesto" dura 280 minutos. Milhares de revistas da especialidade, bem como webzines e jornais, não deixaram, contudo, de apelidar o disco de obra-prima.
Contactados pelo IM, os responsáveis da Mute responderam: "Porra, a nós não nos interessa, como é óbvio. Não gastámos tempo nenhum em estúdio com eles, eles limitaram-se a mandar informações para um computador (que foram eles que pagaram) e passaram para CD. Nós só lançámos e distribuímos. Temos vendido essa merda que nem ginjas, à custa do hype todo. Todo o conselho de administração da Mute partilhava uma única Renault 4L e agora cada um de nós tem um Mercedes. Se isto não é ganhar um balúrdio à custa de dois gajos marados lá do Norte da Europa, não sei o que será..."
Fontes anónimas revelaram também que não é a primeira vez que isto se sucede. "Nunca ninguém ouviu um disco de Pan Sonic até ao fim. Nem sequer um daqueles só com 80 minutos.", disse...chamemos-lhe "Jeremias" ... não ... chamemos-lhe "Manuel" ... hum ... talvez ... "Jorge" ... "Jorge" é um nome muito português ... fica "Jorge" ... "Jorge", um fã destas "coisas esquisitas" que deseja manter-se anónimo. "Só dizemos que sim e que gostamos porque é dessa forma que somos aceites."
Outros artistas parecem padecer do mesmo mal. Autechre, Oval, Fennesz, Pita, entre muitos outros, são citadas por "Jorge", que afirma "Passar altas secas nos concertos. Foda-se! E nota-se que ninguém está a gostar, é só sorrisos amarelos. Depois vimos para casa e escrevemos nos nossos blogues que foi o melhor concerot de sempre, ou que foi brutal, ou uma merda assim. Estou farto. Sinceramente, não aguento mesmo mais. Peço a todos que fazem isto que desistam. É fisicamente impossível gostar desta merda! Nem os próprios tipos gostam. Só se metem nesta merda porque dá dinheiro. As únicas pessoas que gostam mais ou menos disto são os dentistas. E, mesmo assim, nunca ouvem até ao fim."