terça-feira, novembro 02, 2004

BELLE & SEBASTIAN NÃO ESTÃO PARA BRINCADEIRAS

Borrado de medo que o seu charme, evidente falta de lógica no discurso e cheques avulso não cheguem para convencer o eleitorado indeciso, Bush Jr. concebeu há 2 horas um plano fenomenal de tão maquiavélico, contudo estúpido de tão desesperado que é. Junior enviou nos minutos seguintes homens armados com discos de Mariah Carey à editora dos Belle & Sebastian - a Warner Cousins - de modo a convence-los (e acabou de chegar a confirmação que o conseguiu, não sem no entanto terem sido arremessados vários discos à tóla dos resistentes anti-bush) a levar a cabo a heróica tarefa de - sem dar nas vistas, afinal de contas a votação já começou - fazer um festival itenerante até às 8 da matina de manhã.
A digressão tem como óbvio propósito convencer os jovens adeptos do grupo a votar no Junior, sendo que os felizes cobardes receberão ainda cópias do rascunho das letras feito por Fennesz para o álbum "Venice".
No entanto o IM pode adiantar, isto rezando para ninguém ligado ao Junior leia este blogue, que o grupo escocês planeia lixar à grande o actual presidente. Stuart Murdoch afirmou há pouco que a banda vai tocar um set feito única e exclusivamente de covers de bandas de black metal norueguesas sem discos editados, tentando com isto que os putos fujam a sete pés e que fiquem com tanta raiva de Bush que corram a votar Kerry.
Entretanto, recebemos informação de que o primeiro concerto já acabou e que no fim do mesmo havia ainda uma pessoa completamente descontrolada, aos berros e aos saltos, a pedir encores... quando a poeira assentou pode-se ver que era nem mais nem menos que Meat Loaf.