segunda-feira, maio 02, 2005

MI5 PROTEGE BOOTLEGGER DE RADIOHEAD

"Lucky" Lenny, fanático obsessivo da banda de Oxford, de 28 anos de idade, está sob protecção dos agentes do serviço secreto britânico, para se esconder daqueles que fariam tudo para ouvir a gravação que tem em seu poder. Lenny, carpinteiro de profissão, e "stalker" nas horas vagas, encontrava-se escondido numa sebe, quando Ed O'Brien, guitarrista dos Radiohead, passou pela rua, assobiando uma melodia, que Lenny gravou no seu Minidisc. Enquanto ouvia repetidamente os 12 segundos de gravação no metro, Lenny foi abordado por passageiros que lhe perguntaram o que era aquilo. Para seu azar, outros fanáticos de Radiohead ouviram, e Lenny viu-se perseguido por onde quer que fosse, por hordas de gente com t-shirts com slogans anti-consumismo, desesperadas por ouvirem qualquer nova gravação dos seus ídolos. Após algumas perseguições a alta velocidade por autoestradas, noites em claro devido a tentativas de arrombar a porta da sua residência, e bilhetes ameaçadores juntamente com o leite matinal, Lenny resolveu pedir a ajuda dos serviços do MI5. Contactada pelo IM, uma fonte do MI5 recusou-se a divulgar a localização de Lenny, mas não se escusou a comentar a gravação que esteve na base de todas estas peripécias: "Eh pá, eu cá acho que aquilo é o riff da 'Paradise City' dos Guns N'Roses. Mas quem sou eu para falar assim dos assobios de um guitarrista dos Radiohead? Aquilo só pode ser uma obra de arte!"