quinta-feira, outubro 20, 2005

SERRALVES E ZÉ DOS BOIS CONTRATAM ABORRECIDOS PROFISSIONAIS



Seguindo o exemplo da MTV de contratar figurantes para gritarem histericamente, e fingirem estarem possuídos por emoções incontroláveis aquando da aparição dos artistas convidados para os European Music Awards, em Lisboa, a Galeria Zé Dos Bois e a Fundação de Serralves anunciaram já que irão contratar um contingente fixo de Desistentes para aparecer em cada um dos seus concertos.

De acordo com um porta-voz da Fundação nortenha, em todos os concertos a decorrer no seu espaço haverá um grupo de 30-40 pessoas que estará espalhado pela sala, e que passados cerca de 15 minutos, exibirá um elevado grau de tédio, saindo porta fora, e ficando o resto da noite no bar a beber imperiais e a falar de quem viram nos concertos da semana passada.

"Um bar cheio de desistentes de um concerto de guitarras tocadas com ventoínhas ou plainas é um ex-libris da Zé Dos Bois tão grande como pinturas porno-kitsch, ou actuações de 7 minutos a balbuciar onomatopeias sobre ruídos electrónicos", disse ao IM o promotor Natxo Checa da Galeria. Os casting para o cargo de Desistente irão decorrer durante a próxima semana, devendo os candidatos abstrair-se de fazer a barba até ao dia, e apresentarem-se munidos da indispensável mala arty a tiracolo. Recomenda-se também um conhecimento aprofundado da obra dos Vibracathedral Orchestra, e dos refrões dos hits de Kylie Minogue.